Início Religioso Venezuela e Terra Santa preocupam o Papa

Venezuela e Terra Santa preocupam o Papa

104
0
Papa participou espiritualmente de oração em Jerusalém pela paz para judeus, cristãos e muçulmanos. E na Venezuela, enquanto se vota, motim deixa 11 mortos em prisão. Francisco pede sabedoria ‘que conduza à unidade’.

Cidade do Vaticano

Domingo, 20 de maio, dia em que a Igreja celebra Pentecostes, o Papa presidiu a missa na Basílica de São Pedro e depois de rezar a oração mariana do Regina Coeli com os fiéis, dirigiu algumas palavras à multidão que o acompanhava na Praça São Pedro.

Jerusalém, Cidade Santa para três religiões

Recordando que Pentecostes nos conduz, com o coração, a Jerusalém, Francisco disse que na noite de sábado (19/05), se uniu espiritualmente à oração pela paz que teve lugar naquela Cidade Santa para judeus, cristãos e muçulmanos. E pediu que continuemos a invocar o Espírito Santo para que suscite boa-vontade e gestos de diálogo de reconciliação na Terra Santa e em todo o Oriente Médio.

A Venezuela também teve destaque na fala do Papa:

“Peço que o Espírito Santo dê a todo o povo venezuelano, todo: governantes e povo, a sabedoria para encontrar o caminho da paz e da unidade. Rezo também pelos detentos que morreram ontem”.

Um motim numa prisão no norte da Venezuela deixou 11 mortos e 28 feridos, enquanto no país, urnas em 14,5 mil centros de votação foram abertas na manhã deste domingo para a eleição presidencial. 20,5 milhões de pessoas estão aptas a votar. Nos últimos dias, os bispos venezuelanos pediram o adiamento das eleições.

Obra da Infância Missionária (POM)

O evento de Pentecostes marca também a origem da missão universal da Igreja e neste sentido, o Papa anunciou a publicação da mensagem do Dia Mundial da Missão. Francisco também mencionou os 175 anos do nascimento da Obra da Infância Missionária, que ressalta as crianças como protagonistas da missão, com a oração e pequenos gestos cotidianos de amor e de serviço.

O Papa concedeu a todos a sua benção apostólica e se despediu, como habitualmente, desejando um ‘bom almoço’ e acenando um ‘arrivederci’.

Fonte: Vaticano News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, coloque seu nome aqui